terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A Tirania da praticidade


Da tirania da praticidade.

Desperto. Metálico lembrete sonoro do movimento temporal.
Erguer-se sob um morno horizonte, contemplativo:
(Re)Começa tudo.
Desperdício?
Pueril instinto, que o honrava com alguns momentos de misericórdia,
a si mesmo no leito; relutante.  Vozes que outrora diriam:
Mais um tanto, e a face em nirvana - aguarde!
Não mais. (Possui regimentos e estatutos belicosos).

Indeciso? Nos refinamentos. Vide: Escolhas tropegas
Parece mais prático banhar-se; a água facilita a circulação.
(In)consequente estímulo às sinapses.
Daí, para a ração...Basta seguir o tom do comum.
Ao rufar de uma marcha de Mahler.

3 comentários:

  1. Caio, esse quadro é daquela tua amiga?
    continue escrevendo por aqui, cara!

    ResponderExcluir
  2. é sim, eu procurei alguma coisa pra ilustrar a idéia do texto, gostei desse hehe

    ResponderExcluir